Expedição médica leva atendimento à população pantaneira

Por em 10 de novembro de 2014

Novilho Precoce MS apóia viagem que vai percorrer cerca de 2 mil km entre Corumbá e Cuiabá, nos dias 16 a 26 de novembro, oferecendo cuidados de saúde básica e prevenção em áreas isoladas

alma_2000641

CAMPO GRANDE (MS) – A expedição Alma Pantaneira vai levar um grupo de médicos, enfermeiros, dentistas, farmacêuticos e militares, para atendimento aos pantaneiros de Mato Grosso do Sul e Mato Grosso. A partida está prevista para o dia 16 de novembro, em Corumbá/MS, e a estimativa é de realizar atendimento médico e odontológico em pelo menos 12 fazendas que estão no trajeto até Cuiabá/MT, um percurso de cerca de 2 mil quilômetros a ser realizado em 10 dias.

Este é o terceiro ano do projeto que almeja superar os resultados de 2013, quando foram realizados 370 atendimentos diretos – 70 idosos, 85 crianças e 215 jovens/adultos – e mais de 700 indiretos. A distribuição de medicamentos chegou a mais de 10.000 comprimidos, o que garantiu o tratamento mínimo de 6 meses dos doentes crônicos, além da montagem de pequenas farmácias com medicamentos básicos em cada fazenda.

A Novilho Precoce MS é apoiadora da expedição juntamente com a Marinha do Brasil, Prefeitura Municipal de Corumbá, além de profissionais liberais, como advogados e médicos, os quais contribuem doando medicamentos ou participando ativamente da expedição.

“Somos representantes da pecuária. Uma iniciativa que almeja qualidade de vida aos colaboradores das propriedades muito nos motiva em especial, por ser um trabalho que alcança um grupo com tamanhas barreiras, e que se mantém no campo por períodos prolongados”, aponta Carlos Furlan, dentista por formação e presidente da Associação.

Outro importante apoiador é o Instituto Homem Pantaneiro, que acaba de doar uma cadeira odontológica portátil para que o atendimento possa ser realizado ao logo de toda viagem.

alma_2000211

MÉDICOS DO PANTANAL
A expedição é um projeto da ONG Médicos do Pantanal, entidade social independente idealizada por Waldir Albaneze, hoje médico, com seu pai, empresário na cidade de Corumbá, com a proposta de oferecer atendimento de saúde à população rural do Pantanal que se encontra em áreas isoladas e de difícil acesso.

“A população do Pantanal é de cerca de 20 mil pessoas. Quase 3 mil desses estão sendo atendidos pela Marinha do Brasil e pelo projeto Pantanal das Águas, ficando 17 mil pessoas sem atendimento. Esse é o início do nosso projeto que prevê, futuramente, ações maiores para a população pantaneira”, explica Waldir Albaneze, médico e tenente do 6º Distrito Naval.

Para saber mais sobre a expedição Alma Pantaneira acesse o site www.expedicaoalmapantaneira.com.br. O projeto está aberto a voluntários e parceiros interessados em apoiar a iniciativa. Outras informações pelo telefone (67) 9205-2293.

Cristiane Sandim
Comunicação – Novilho Precoce MS

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *