Será que o boi gordo vai R$170/@?

Por em 3 de março de 2015

Bom dia, tudo bem?

Será que o boi gordo vai R$170/@?

Ontem eu recebi essa pergunta sobre as perspectivas do mercado do boi em 2015. Quando eu li a pergunta, eu sorri em silêncio na frente do meu computador…

As vezes, corremos o risco de fazer torcida e não fazer análise de mercado. Impossível não é, mas é muito improvável…

Eu procuro olhar os mais diferentes fatores que influenciam o mercado do boi: exportações, consumo interno, escalas, oferta e preço da reposição, dólar, inflação…

Ontem, o Rodrigo e o Ricardo fizeram um excelente artigo exatamente sobre isso. Uma quebra de braço entre oferta e demanda. As duas estão ruins… E se você olhar só para a oferta, corre o risco de pensar que o boi gordo tem tudo para chegar a R$170/@…

Artigo => Cabo de guerra: oferta ruim X demanda ruim também

Minha resposta para a pergunta do início do email: é muito provável que não chegue a R$170/@…

O preço do boi está muito próximo do seu máximo histórico, deflacionado, e não estamos tendo um “baita” ano na economia brasileira, nem nos países que importam nossa carne.

Eu recomendo que você leia a sugestão no final do artigo sobre vender ou reter. Eu concordo com eles…

Eu venho me lembrando de várias coisas que aprendi e li em 2009, o ano da crise… Naquele ano, eu fiquei com medo de que teria péssimos resultados na empresa, e no final das contas, foi o melhor até então… Não pela economia, mas pelo trabalho, por melhorar realmente…

E eu estou me lembrando disso o tempo todo… Essa semana mesmo eu achei um artigo que escrevi em 2009, e fala muito sobre isso – melhorar, se aperfeiçoar e focar no que você pode controlar.

De tudo que influencia sua vida, 98% você não pode controlar… E as pessoas mais bem sucedidas são aquelas que acordam, tomam um banho, um bom café da manhã, e vão focar nos 2% que podem controlar…

Num ano “difícil”, algumas pessoas se saem muito melhor do que a média. Isso porque a média gasta muito tempo reclamando, chorando e resmungando… E os que fazem a diferença, usam seu tempo trabalhando, fazendo, melhorando…

Eu acredito que o ano de 2015 não vai ser fácil, e ao mesmo tempo, eu tenho certeza de que o ano de 2015 vai ser o melhor ano da história do BeefPoint… Simplesmente porque a cada dia que passa estamos trabalhando para melhorar, no que é realmente importante.

Vamos juntos nessa? :-)

Comente aqui quais são os fatores que você acompanha para monitorar o mercado do boi gordo, e qual sua perspectiva de preço para o boi gordo em maio e em outubro de 2015.

Muito obrigado pela companhia. Um grande abraço, Miguel

PS: Hoje conversei com um amigo que eu admiro muito e é uma das pessoas que eu mais respeito em análise de mercado do boi gordo. Em breve teremos uma nova maneira de acompanhar o mercado do boi gordo, uma espécie de conselho consultivo para a pecuária de corte, com alguns dos melhores nomes da pecuária de corte te ajudando a tomar as melhores decisões a cada semana. Se você se interessa mais por isso, me responda esse email comentando o que você gostaria de aprender e ouvir nesse conselho… :-)

Miguel Cavalcanti
BeefPoint: Para quem faz hoje a pecuária do futuro. E para quem quer fazer.
AgroTalento: Desenvolvimento pessoal e profissional para os novos líderes da pecuária.

21 Comments

  1. Fábio Rêgo

    03/03/2015 at 07:14

    Essa interação e troca de informações são de suma importância pra nós que vivenciamos a pecuária.Parabéns beefpoit. Gostaria de aprender e ouvir nesse conselho, experiêcias nas negocições pra se ter lucro.

  2. Alvaro Sanches

    03/03/2015 at 07:42

    Bom dia!

    Eu acredito que o valor da @ não deve passar R$ 155,00
    O dinheiro da população esta muito curto para melhorar o venda de carne!

  3. CLEMENS BARBOSA

    03/03/2015 at 09:33

    Bom dia.
    Eu vejo escalas curtas com ofertas oscilantes. Frigorificos paralisados ou em férias estratégicas.
    São situações que nos mostram que o valor da arroba varia com outras situações, que não são de mercado e de consumo.
    Eu acredito que sobe, talvez mais uns 10,00 ou 15,00 aqui em MT.

  4. PAULO JACOB

    03/03/2015 at 09:38

    o problema vai ser vender pra quem?

  5. Alexandre Rensi

    03/03/2015 at 09:44

    Pensando somente no mercado interno também concordo que os espaços para grandes altas são pequenos, porém quando vejo que o invernista Norte Americano esta pagando US$1.500,00 (aproximadamente R$4,300,00) por bezerro, fico imaginando a que preços a arroba poderá chegar no mercado internacional!

  6. fernando

    03/03/2015 at 17:15

    O preço da reposição subiu bem mais que o preço do boi gordo. O pecuarista hj tem pago de 190 a 210 reais a @ da reposição com menos de 15 meses,por conta da baixa oferta (lei da oferta e procura). Por isso que a médio prazo acredito na elevação no preço da arroba do boi gordo, tenho como pecuarista acreditar nestes 170 @, se isso não se concretizar uma coisa e certa só vai sobrar o serviço pois o lucro todo ficará com o criador.

  7. MARCOS JOSÉ ALVES

    03/03/2015 at 18:24

    EU ACREDITO AGORA NO MÊS DE MARÇO QUE PODEREMOS TER UMA @ DE R$147,00 ATÉ 148,00 PELO FATO DE: REPOSIÇÃO MUITO CARA, DOLLAR ALTO, EXPORTAÇÃO DANDO SINAL DE MELHORA, MERCADO DA CARNE MUITO ENXUTO, PASTO DEGRADADOS,E CHOVENDO BEM; BOI DE PASTO GANHANDO BEM AGORA; MAS A REPOSIÇÃO MUITO RUIM, ESTE MOVIMENTO DE PARALISAÇÃO NO TRANSPORTES ETC; EM MAIO EU ACREDITO NUMA @ DE 145,00 À 147,00 COM UM INDICADOR EM TORNO DE 145,00 E NÃO ACREDITO A MENOS DESTE VALOR PELO FATO DA REPOSIÇÃO; AGORA MAIS PRA FRENTE @ COM CERTEZA ACIMA DE 150,00 PODENDO CHEGAR A 170,00 ATÉ DEZEMBRO; E PARABENIZO O BEEFPOINT E A VOCÊ MIGUEL NOS DANDO ESTA OPORTUNIDADE DE EXPRESSAR; ESTOU SEMPRE ACOMPANHANDO VOCÊ. UM GRANDE ABRAÇO DE MARCO CHUI !!

  8. leonardo

    03/03/2015 at 19:58

    Creio que a @ do boi gordo vai passar dos 170 reais em 2015,porem será que vai ser bom pro pecuarista?pois os custos da produção da carne bovina poderam serem maiores do que a alta dos lucros. Nao se iludam com a alta da @,mas se preparem para os custos de produção. A verdade q temos carne barata e custos altos.isto sim q temos que preocupar em mudar.quem sabe começar pelo sub produto do boi e outras mais…..???

  9. Geraldo

    03/03/2015 at 22:34

    Boa noite miguel.

    ótima publicação. trabalho com recria de machos, e vendo para confinadores aqui no norte do MT. e hoje a valorizaçao do preço do bezerro esta muito em alta, e já a de venda desse boi magro, não acompanhou. preço de desmama boa nelore, 1150 a 1200, e do garrote de 12 @ vem sendo negociado maximo a 1700 em quantidade. alguma dica? abraços

  10. Fábio Furlan Pereira

    04/03/2015 at 08:14

    Acredito que o valor da @ para 2015 será muito promissor, passando um pouco dos R$170,00, devido a falta de rebanho pronto para engorda, o ano de possível estabilização será 2016, pois o mercado estará mais nivelado.

  11. Nilton Barbosa

    04/03/2015 at 11:16

    Vou deixar uma pergunta para os bons economistas, o que poderia acontecer se hipoteticamente tivéssemos uma redução de 20 a 25% na oferta de gado gordo no mercado com o mercado como está hoje?
    aos que acham isso impossível, vou lembrar que o ágio do preço do bezerro em relação a arroba, deve incentivar os criadores a diminuir o abate de matrizes, vão dar toda chance possível antes de descarta-la. Além disso deve aumentar a retenção de novilhas para a cria, concordo que a situação da economia do país não vai ajudar o consumo mas acredito que pode haver uma grande diminuição da oferta.

  12. Paulo Souza

    04/03/2015 at 12:18

    Resumidamente:

    Quanto melhor nossa carne, mais bem aceita será.

    Estamos no caminho certo.
    Neste último ano tivemos as maiores aquisições de reprodutores de carne marmorizada em nossa região
    produtora de carne, o centro oeste. Produtores e consumidores estão conhecendo o bife suculento!!!
    Parabéns Miquel, você é ótimo e tem ajudado muita gente. Vá em frente.

  13. Kleber Severino

    04/03/2015 at 14:40

    Boa tarde Miguel!
    Sempre acompanho o noticiário do Beef Point para ficar informado sobre o mercado do boi gordo, juntamente com as previsões do mercado futuro, os acontecimentos políticos (abertura e fechamento de mercados consumidores), o câmbio e também gosto de assistir ao DBO na TV.
    Acredito que em maio de 2015 o valor pago pela arroba do boi gordo será algo entorno de R$140,00 e em outubro de 2015 entorno de R$150,00.
    Grande abraço e parabéns por trazer tanto conhecimento aos produtores, com certeza é um trabalho muito nobre.

  14. João Vittor Oliveira Fernandes

    04/03/2015 at 16:11

    O que estraga muito o mercado brasileiro da carne é o picareta.
    O picareta compra gado ruim, engorda a meia carne o gado ruim e vende com preço inflacionado (por conta dos relacionamentos). Esse gado ruim um dia é abatido, e a qualidade da carne é de commoditie. O pecuarista que faz um bom produto final não pode receber o mesmo que o um picareta recebe! E a carne bem produzida não pode ser uma commoditie também.
    Hoje os frigorificos só pagam diferenciado pra “novilho precoce”, mas entre esse animal de 15 meses e o de 4, 5 ou 6 anos (que ainda tem muito por aí), tem uma boa parte de animais sendo abatidos com 24 a 36 meses que tem um custo alto de produção e não pode ser comparada à boi de picareta. É CARNE DE PRIMEIRA!
    O mercado tem que aprender a pagar diferenciado, subdividindo em premiação por carcaça proporcionalmente. Assim teremos desde a carne mais barata para a população de baixa renda até o prime, com algumas “classes” no meio. Isso serviria de incentivo para o produtor de carne “tipo C” querer evoluir para “tipo B” ou “tipo A”, subindo em escalas conforme vai melhorando o seu gado. É muito difícil para um invernista sair do “boi de 4 anos” para o novilho precoce em um salto para conseguir bonificação na carne, e isso o desestimula.. e assim o picareta continua ganhando do camarada que se esforça pra fazer um boi bom!
    Grande abraço de um camarada que ainda se esforça!

  15. Ricardo Bomfim

    04/03/2015 at 19:14

    Boa noite Miguel, o mercado de todo produto disponível à venda depende de vários fatores enumerados por você e os demais amigos que opinaram, mas um fator é relevante, não sabemos a curto prazo os caminhos da politica brasileira que certamente será impactante na economia. Não arriscaria um prognóstico. Um abraço.

  16. Andre Dal Maso

    05/03/2015 at 17:11

    Boa tarde…

    Avaliando apenas o comportamento do preço do boi gordo, digo gráfico, vejo forte suporte nos R$129 e a real possibilidade de batermos na casa dos R$159 ainda este ano.
    Motivos: não temos animais suficientes para atender a demanda, arroba cotada ontem em R$144 e U$48,38…dólar hoje beliscou os R$3,00…se for a R$3,10-3,20 nosso valor de arroba, em dólar, permitirá alta em real e dará margem para atender o mercado externo.
    Se não perdemos os R$129 em maio/junho…R$159 está praticamente certo para out/nov de 2015.

  17. mario wolf filho

    06/03/2015 at 09:28

    Bom dia Miguel, em janeiro de 2014 eu fez uma aposta com um amigo meu, vizinho de faz. no MT que na nossa região Norte do MT iriamos até o final do ano vender boi acima de r$ 120,00 p/@. Ganhei a aposta Boi chegou a 135,00 p/@. Este ano pelo que tenho acompanhado ja nào faria aposta e sim tratar de otimizar os custos Bois mesmo que tenha alta os custos vão influenciar em muito no nosso LUCRO.

  18. carlos viacava

    08/03/2015 at 12:54

    Hoje exportamos mais de um quarto de nossa produção de carne. O preço do boi no Brasil está atrelado ao mercado internacional e consequentemente ao dólar. A arroba estava a 140 e o dólar a 2. A regra de tres leva a uma arroba de 210. Nos USA a arroba está a 85 dólares ou seja, 255 reais. Claro que temos uma economia em recessão, melhor dizendo estagflação, e consequentemente vamos enfrentar uma queda no consumo interno, por isso não vejo como a arroba pode chegar a 255 ou mesmo 210, porem 170 até julho ou agosto mal supera a inflação.

  19. WESLEY CRISTINO

    09/03/2015 at 15:38

    COMO VAI FICAR O PREÇO DA @ REALMENTE NÃO É FÁCIL DE PREVER,MAIS UMA COISA É CERTA,CUSTO DE PRODUÇÃO VAI AUMENTAR E MUITO,AQUI EM GOIÁS TODOS OS INSUMOS SUBIRAM,E A PREVISÃO É QUE NÃO PARA POR AI…

  20. luiz roberto zillo

    12/03/2015 at 17:15

    Penso que a @ não ultrapasse R$ 155,00 – R$ 160,00 até outubro , e esses preços seriam devido a exportação e não consumo interno pela recessão que estamos entrando.

  21. Mara Belchior

    17/03/2015 at 12:19

    Acredito sim em boi-sp em @170 se o frigorifico compra boi a 53,00 dólares e vende a 56,já era para pagar isso. Já tá levando vantagem em cima de nós. Agora se o dólar for a 4 reais talvez passe de 190,00 a arroba. Nossa exportações este ano estão em 22.9 toneladas tá na média.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *