Sem espaço para resmungos ou reclamações…

Por em 12 de março de 2015

Bom dia, tudo bem?

Estou terminando a etapa no Texas da minha viagem aos EUA. Hoje vou para a Califórnia, onde amanhã começa a primeira reunião do Mastermind que estou participando. Será o primeiro encontro presencial do grupo e estou muito animado.

Fui jantar na casa do meu amigo Jesse Womack, que palestrou no BeefSummit Brasil de 2013 e 2014. Ele preparou o melhor steak que comi em toda a viagem aqui nos EUA… Mas o que mais me chamou atenção, foi uma coisa que ele me disse sobre o BeefSummit Brasil…

Ele me disse que ficou impressionado com a atitude das pessoas que estavam participando do evento, com a energia e como as pessoas eram positivas.

Eu fiquei feliz demais em ouvir isso.

É realmente nosso foco reunir pessoas que querem melhorar, que querem avançar, que querem aprender. E parece que estamos conseguindo fazer isso, a ponto de uma pessoa de outro país notar isso, e comentar, sem eu nem ter falado sobre o assunto.

Não temos pessoas reclamando, resmungando, achando que a vida está ruim em nossos eventos… Não é uma questão de acreditar que tudo está bom. Mas sim, uma questão de como se encara os problemas, os desafios, as dificuldades.

A cada dia que eu fico mais próximo de pessoas pró-ativas, positivas, e que colocam seu esforço, seu trabalho, sua energia e sua atenção em arrumar as coisas, em melhorar, em aprender, mais eu vejo como isso é uma das bases mais fortes de qualquer sucesso.

E é isso que eu quero que o BeefPoint seja cada dia mais.

Eu quero que o BeefPoint, em todos os momentos (site, newsletter, redes socias, eventos ao vivo, viagens técnicas e cursos online, etc) seja um ponto de encontro de quem quer fazer a diferença, de quem enfrenta as dificuldades de cabeça erguida e de quem está sempre procurando aprender, ensinar e ajudar.

Minha maior realização atual é ver o AgroTalento sendo um sucesso muito maior do que eu poderia esperar. Muito mais do que uma quantidade grande de participantes, muito mais do que elogios diários de que o conteúdo é muito bom.

O verdadeiro do sucesso do AgroTalento é ver uma comunidade incrível, forte, que ajuda, incentiva e troca experiências todos os dias… Uma comunidade de pessoas especiais… Uma comunidade em que cada um contribui, e que cada um fica mais forte a cada dia que passa…

Muito obrigado a você, que participa, e que torna isso possível, que torna isso uma realidade, no BeefPoint e no AgroTalento.

Posso dizer que sou uma pessoa realizada… E que vem muito mais por aí… Muito mais trabalho, muito mais busca por fazer a diferença e por fazer algo com propósito e significado.

Bom demais… Mesmo… :-)

Para fechar, ontem fui num outro supermercado especial… Veja as fotos de carne bovina:

Supermercado Central Market nos EUA. Como o americano compra carne bovina de alta qualidade – 29 fotos

Muito obrigado pela companhia. Um grande abraço, Miguel

PS: Hoje continua o Congresso Online Planejamento de Gerações na Pecuária de Corte. Aproveite:

17hrs – Maurício Coelho – Sucessão Planejada = longevidade ao negócio.

19hrs – Renato Giovani Filho – Como proteger o herdeiro de si próprio?

Participe e assista a transmissão online, que é grátis.

Miguel Cavalcanti
BeefPoint: Para quem faz hoje a pecuária do futuro. E para quem quer fazer.
AgroTalento: Desenvolvimento pessoal e profissional para os novos líderes da pecuária.

2 Comments

  1. ana gilda

    12/03/2015 at 09:13

    Estamos começando um negócio na agropecuária praticamente do zero em todos os sentidos. Estar participando do Agrotalento e dos eventos provenientes desse grupo maravilhoso para mim, que a principio quase desisti; significa a salvação. Sou grata a Deus que me colocou em contato com voce, Miguel e atraves disso tenho aprendido tanto e pronta para aprender muito mais e sempre. Obrigada.

  2. luiz roberto zillo

    17/03/2015 at 10:28

    Sem dúvida Miguel o Jesse tem razão e pode se sentir orgulhoso com mais um dever seu cumprido, o de além de trazer muita informação e novas amizades, fazer com que a Pecuária e pecuaristas se sintam honrados no que fazem e levantar a cabeça e seguir sempre em frente seja qual for a dificuldade.
    Tenho ultimamente ouvido alguns dizendo se sentir desanimados com a pecuária ( preço elevado da reposição ), outros dizendo que não conseguem atrair nem segurar mão de obra qualificada ou segurar o próprio funcionário na fazenda.
    São problemas que sempre existiram basta mudar talvez a forma de levar seu negócio.
    Abs, Beto Zillo

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *