Qual é o significado do seu trabalho?

Por em 2 de outubro de 2014

Bom dia, tudo bem?

Tivemos uma visita muito especial durante nossa viagem técnica essa semana aqui na Califórnia. Fomos visitar a única empresa dos EUA que atua de forma totalmente integrada na produção de carne Wagyu.

Conhecemos a Masami Cattle Ranch e Masami Foods. A empresa atua na cria (produção de bezerros), confinamento, frigorífico e distribuição da carne. Operam de ponta a ponta, da genética ao prato do consumidor.

Foi muito interessante conhecer uma empresa tão integrada, e isso me levou a uma série de reflexões.

A Masami Cattle Ranch abate cerca de 2.000 animais Wagyu por ano e atende os melhores restaurantes dos EUA, em San Francisco, Chicago, Nova Iorque. O tempo de engorda é de 18 meses… Isso mesmo, 1 ano e meio, muito maior do que o confinamento brasileiro (cerca de 3 meses) e o americano (4-5 meses).

A empresa de gado (cria e confinamento) foi iniciada em 1988 (há 26 anos), e o frigorífico começou a operar 4 anos depois, em 1992.

Para se ter um negócio tão complexo, com uma cadeia tão longa totalmente operada por uma única empresa é preciso ter algumas características.

É preciso ser realmente focado. É preciso ter realmente um propósito. É preciso de real comprometimento com o negócio.

Li agora há pouco, antes de escrever esse texto, um artigo com o título “O Significado do Significado”, de um autor dos EUA que eu acompanho e gosto muito há uns 10 anos, o Guy Kawasaki. Eu já aprendi muito sobre negócios, sobre como montar uma empresa, lendo os textos e livros dele.

O texto de hoje do Kawasaki fala da importância de você ter propósito, ter significado no seu trabalho e no seu negócio. É fundamental para seu sucesso, que você acredite mesmo no que está fazendo, no que está construindo.

O dono da Masami é japonês e tenho certeza que ele preza muito pelo propósito de oferecer ao mercado dos EUA uma carne de altíssima qualidade dentro dos padrões de qualidade do Japão. Só esse significado e comprometimento que podem explicar a construção de um negócio tão complicado (cria-confinamento-frigorífico-distribuição).

Eu acredito muito que esse foco, esse comprometimento e você conseguir alinhar seu trabalho com o que você realmente acredita é uma peça chave para seu sucesso.

O que eu consegui na vida até agora, profissionalmente e pessoalmente, foi por ter conseguido alinhar as coisas que eu acredito dentro do meu trabalho e do meu dia-a-dia. E o que tenho conseguido realizar nesses últimos 3 anos, desde que o BeefPoint é uma empresa independente, está muito alinhado com esse ponto.

Eu acredito firmemente que você precisa encontrar um significado para seu trabalho, que tenha um grande valor para você (e não para ninguém mais), para que você tenha energia, conquistas e sucesso hoje e no longo prazo.

Por isso, gostaria de te convidar a fazer uma reflexão.

Qual é o significado do seu trabalho? O que faz seu trabalho realmente valer a pena? Qual diferença você está fazendo ou quer fazer?

Essas perguntas não têm certo ou errado e só você pode responder por você. O ponto chave aqui é você refletir de forma a te ajudar a fazer escolhas que você não vai se arrepender em 10-20 anos.

Se você desejar, gostaria muito de te ouvir. É só responder esse email, ou comentar no texto aqui.

Bom trabalho com muito significado para você.

Muito obrigado. Um grande abraço, Miguel

PS: Veja algumas fotos da nossa visita ao confinamento Masami, aqui na Califórnia, durante nossa Viagem Técnica.

IMG_7898 IMG_7897 IMG_7896 IMG_7895 IMG_7894 IMG_7892 IMG_7659 IMG_7654 IMG_7472   IMG_7468 IMG_7467 IMG_7464 IMG_7463 IMG_7462   IMG_7449 IMG_7448

14 Comments

  1. Eduardo Peixoto

    02/10/2014 at 07:51

    Ótimo aritigo pois estar focado e comprometido é fundamental para êxito no trabalho. Porém , chamou-me atenção , uma foto de alguns terneiros onde existe um depósito de lixo ao fundo. Incompatível com a atividade. Abraço

  2. SILVAN FERREIRA

    02/10/2014 at 09:06

    o signifcado do meu trabalho é: buscar informacoes mais completas para atender bem, estar bem informado vale apena sim porque se voce estiver bem atualizado voce sairá na frente,a grande diferença e voce se manter no mercado e sempre buscando informacoes, conhecimento para poder passar adiante

  3. Gentil José Martin Fernandes

    02/10/2014 at 09:13

    Miguel bom dia.

    É uma questão bem interessante.
    Tenho orgulho do que faço, gosto muito do meu trabalho. O que faz a diferença é poder fazer e acompanhar o resultado, é estar envolvido e comprometido com o que acredito.
    Procuro fazer o que tem de ser feito com as ferramentas que estão disponíveis no momento e da melhor maneira possível, não é característica minha “deixar para depois”. O planejamento é essencial.
    Acredito no potencial das pessoas. Assim, procuro mostrar sua importância destro do processo e uma das minhas metas é a superação profissional e pessoal, tanto particular como da minha equipe a cada ano, mês, semana, dia.
    A motivação é querer fazer uma agropecuária melhor e que a mesma seja valorizada pelos seus integrantes e pelo mundo de forma geral. Trabalho para deixar uma pecuária melhor, deixar exemplos positivos e que possam contribuir com as novas gerações.

    Um abraço,
    Gentil.

    • Miguel da Rocha Cavalcanti

      06/10/2014 at 03:38

      Muito obrigado Gentil !
      Abs, Miguel

  4. ARARIPE SERPA GOMES PEREIRA

    02/10/2014 at 09:24

    Meu caro Miguel, como é bom ver bons exemplos de gestão empresarial. Sou focado em agropecuária, e o que a Masami faz sempre veio de encontro ao que penso sobre a atividade. Hoje sou mais produtor de soja do que de animais, porém minha paixão são os bois. Meu sonho sempre foi fechar a cadeia, ou seja, produzir o animal em confinamento, produzir a silagem e a ração, abater e distribuir. Todavia, levo sempre em conta as dificuldades impostas por um país burocrático, com imensa volúpia fiscal, com grandes restrições de captação, treinamento e manutenção de mão de obra, e acabo desistindo. Vejo pelas fotos o cuidado, a limpeza e a excelência da arquitetura do confinamento da Masami, e fico me perguntando quando vamos ter por aqui um padrão de qualidade desses. É de dar água na boca. Abraços.

  5. marcos jose dos anjos

    02/10/2014 at 10:08

    Miguel, gostaria primeiramente de lhe agradecer pelo texto e compartilhamento da sua experiência.
    Meu nome é marcos dos anjos, trabalho em uma empresa cujo os donos tem um frigorifico de frangos ( Rivelli ) em Barbacena mg.
    Realmente temos que ter um significado pra que possamos levantar cedo e ir enfrentar o dia a dia, eu não vendo produtos, mais sou o dono da minha mão de obra, mais só mão de obra não basta nos dias de hj, temos que vender junto inteligência, capacidade etc…
    por isso busco sempre informações de qualidade, treinamentos para que cada dia eu possa vender o meu produto ( serviço ) com valores agregados…
    Marcos dos anjos
    Fazenda extrema Barbacena mg

  6. Marvyn Ribeiro

    02/10/2014 at 11:49

    Bom Dia!!

    Miguel, tenho acompanhado teus textos e são muito interessantes e estimulantes para quem trabalha com produção animal e visa melhorar a cada dia.
    Em relação ao texto aqui descrito não é mais importante ter significado e acreditar no que se faz, é essencial.
    Sou Zootecnista e trabalho em uma propriedade no sul do país e a cada dia que acordo sou mais apaixonado e empolgado pela empresa e pelo projeto que estamos fazendo e procuro passar isso para o pessoal que trabalha comigo. Hoje em dia é necessário que o peão vista a camisa, entenda o que esta fazendo e e se sinta bem fazendo as atividades de campo.
    Digo até que o mais importante seria, que os funcionários que estão diretamente ligados ao trato dos animais e manejos sejam os mais motivados pelo que estão fazendo.
    Pois se o tratador não entender e gostar do que faz nem o melhor dos planejamentos e administração de um sistema terá resultado.

  7. Juliana

    02/10/2014 at 14:49

    Olá Miguel!
    Realmente um trabalho magnifico!
    Fiquei curiosa em relação a sétima foto, o que é esse bloco?

    Abraço!

    • Miguel da Rocha Cavalcanti

      06/10/2014 at 03:37

      Oi Juliana, é um bloco de suplemento mineral. Abs, Miguel

  8. Harisson

    02/10/2014 at 18:38

    Excelente matéria!! Venho acompanhando seus emails a mais de um ano, e acho extraordinário seu trabalho!
    Penso em um dia criar animais de carne nobre aqui em minha região, em um futuro próximo quem sabe…

  9. Francisco Brossard de Souza Pinto

    04/10/2014 at 11:21

    Estou criando Wagyu a 3 anos em Bagé, RS. Por enquanto é pequeno pois insemino as vaquilhonas (24 meses) hereford de 1ª cria porque, além da qualidade de carne, tenho a vantagem dos terneiros nascerem muito pequenos, não dando chance de ter problemas de parto. Gostei de ver seu comentário da visita. Gostaria de saber a diferença de preço aí, entre o gado “normal” e do Wagyu.

    • Miguel da Rocha Cavalcanti

      06/10/2014 at 03:36

      Francisco, obrigado. O pessoal me disse que a carne de Wagyu, para o consumidor final, é 2-3x mais cara que a carne especial para churrasco. US$ 13-17/lb contra US$40/lb para o mesmo corte – contra-filé. Abs, Miguel

  10. Mário Pinto Furtado

    04/10/2014 at 16:02

    Acredito que precisa aproximar o produtor ao mercado e as garantias que contribua para maior receita líquida, considerando sua importância no crescimento do PIB. A importância do acesso a informação, redução da carga tributária sobre a produção, maior assistência técnica, são fatores relevantes a quem produz alimento neste país. O produto final da pecuária de corte é qualidade da carne, quando chega este resultado é pouca valorizada interna e externamente.Para mudar este senário é necessário algo que vai além do profissionlismo.

  11. Sérgio Marchió

    08/10/2014 at 11:14

    Tive oportunidade de estar com você em duas ou três ocasiões há muito tempo. Admiro seu trabalho que acho único. De minha parte estamos sempre fazendo os melhores cochos para confinamento e buscando inovar sempre. Estou pesquisando um forma de fazer cochos para sal que resista à corrosão da armadura.
    Sempre ligado no beefpoint.
    Abraço
    Sérgio Marchió
    Mineiros GO

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *