Quais são os valores não negociáveis do produtor? [Pesquisa]

Por em 2 de setembro de 2015

Olá, tudo bem?

Ontem escrevi um texto sobre a oportunidade, a necessidade e a obrigação que temos de nos comunicar melhor, como setor.

Pouco tempo depois de ter enviado o email, soube que o jornal Folha de SP escreveu um editorial “metendo o pau” na pecuária… Um show de desinformação e dados desatualizados… Daí corre para responder, para remediar, para corrigir, mas o estrago já estava feito…

Precisamos ser pro-ativos e contar nossa história, nossos feitos, nossas conquistas de forma pro-ativa, inteligente e com emoção e persuasão.

Como te disse ontem, vamos lançar uma campanha de marketing com vídeos de alta qualidade, valorizando o produtor, o pecuarista brasileiro.

Para isso, quero te pedir uma ajuda simples, para começar a pautar nossa preparação para esses vídeos e outras diversas formas de comunicação.

Por favor, me responda, nos comentários desse post aqui:

Quais são os valores centrais, os valores não negociáveis, do produtor, do pecuarista que admiramos, que respeitamos, e que queremos celebrar?

A minha cabeça, vem a seguinte lista:

– trabalho duro
– honestidade
– dedicação acima da média
– aperto de mão e valor da palavra
– respeito
– confiança
– tradição

Por favor, me responda aqui, quais são os valores do pecuarista, que precisam ser retratados nessa campanha que estamos começando a produzir.

Como tudo do BeefPoint, sua participação é chave, é fundamental. Vamos fazer isso juntos. Com eficiência, com impacto, com inteligência.

Aguardo suas respostas aqui.

Muito obrigado. Abraços, Miguel

PS: Faltam 78 dias para o BeefSummit Brasil… Marque na sua agenda: 20-21-22 de novembro. :-)

Miguel Cavalcanti
agrotalento@beefpoint.com.br
whatsapp: +55-19-99960-9915

BeefPoint: Para quem faz hoje a pecuária do futuro. E para quem quer fazer.
AgroTalento: Programa de crescimento pessoal e desenvolvimento profissional para os novos líderes da pecuária.
BeefSummit Brasil: Marque na sua agenda: 20-21-22 de novembro. “Nossa promessa: o melhor evento de pecuária de corte que você já participou.

85 Comments

  1. Eduatdo

    02/09/2015 at 06:14

    Valores.sabedoria e integridade

  2. José ALCIDES Diogo

    02/09/2015 at 06:36

    O produtor fica vulnerável à câmbio, fatores climáticos, crises políticas , roubos e desvios de dinheiro por parte de quem deveria apenas fazer uma administração de forma honesta e transparente, porém criminosos prossifinais e organizados são eleitos para tal e muitas vezes com o apoio da mídia. “Que me desculpem as exceções”

  3. Joao Lineu

    02/09/2015 at 06:51

    Resiliência , determinação, trabalho duro, honestidade,

  4. Marcelo Palma

    02/09/2015 at 06:56

    Miguel,
    Segue minha sugestão de valores a retratar na campanha:
    Resiliência
    Busca continua de melhoria

    Abraço,
    Marcelo

  5. Marcone

    02/09/2015 at 07:15

    Os valores centrais são:

    CARÁTER;
    COMPETÊNCIA;
    COMPROMISSO;
    CRIATIVIDADE.

  6. Martinho Soares Bravo Neto

    02/09/2015 at 07:19

    Bom dia, Miguel.

    Tem sido um privilégio ler, diariamente, seus email’s.

    É bom saber que existem pessoas com tamanha boa índole, capazes de se dedicar, intensamente, ao despertar de uma rede do Bem.

    Isso, certamente, trará frutos positivos por gerações.

    Quanto aos valores, penso que devemos atingir a sensibilidade do destinatário da mensagem.

    É preciso ir além de mostrar nossos valores. Faz-se necessário descrevê-los de modo compreensivo.

    Não sou da área de marketing, por isso, manifesto-me de forma empírica.

    Sempre falo para minhas filhas que há valores permanentes e transitórios.

    Os primeiros, independem do momento histórico, enquanto, os últimos flutuam ao sabor da formação da sociedade.

    E peço que reflitam, cuidadosamente, para não se iludirem com os transitórios.

    Vivemos tempos complexos, quando a parcela do mal parece vencer a do bem.

    Não fosse assim, não precisaríamos afirmar nossos valores que, aliás, são permanentes. É só observamos os ataques à família, a tolerância à corrupção, à mentira reiterada, o desrespeito à propriedade privada, etc.

    Assim, concordo com a necessidade de afirmar nossos valores, ouso, apenas, sugerir adequação da linguagem, para que haja compreensão plena pelo público alvo.

    Por exemplo, honestidade, é um dos principais valores, mas deveria vir acompanhada de sustentabilidade, respeito ao meio ambiente, etc.

    Essa é a linguagem que a sociedade urbana, neste momento histórico, compreende e valoriza.

    É preciso ressaltar que o campo ao contrário do que se pensa, preserva mais do que a cidade, agride menos o meio ambiente, pois despeja menos dejetos.

    Anula toda a poluição por CO2 que causa, mediante a fotossíntese de uma enorme biomassa das lavouras e das pastagens.

    Garante uma segurança alimentar para uma legião crescente de pessoas urbanas, a um custo baixo.

    Enfim, é preciso associar nossos valores aos valores da sociedade urbana moderna.

    Desmistificar a produção rural, atacando os pontos que a mídia ideológica socialista tenta imputar uma situação emblemática negativa.

    Demonstrar que, ao contrário dos países que estão se mobilizando para internacionalizar a Amazônia, nosso território é um dos mais preservados do mundo.

    BOA SORTE!

  7. Sylvio Andrade Coutinho neto

    02/09/2015 at 07:20

    Valor do pecuarista para o Brasil
    – Grande Contribuição com a balança comercial brasileira nestes tempos de falta de Dólares por aqui
    – manutenção de empregos no campo e indústria da carne e leite
    – trabalha muito e fala pouco

    • Janete Zerwes

      25/10/2015 at 09:43

      Em poucas palavras disse tudo!
      Talvez falemos pouco porque estejamos profundamente concentrados em nossos trabalhos, realizando e pensando sempre em novas soluções. Em soluções sustentáveis, altamente complexas. Deve ser essa uma das razões que fizerem a agricultuta e a pecuária crescer e evoluir apesar de todas as crises enfrentadas pelo setor. Crises econômicas e políticas, tanto nacionais como internacionais. De quebra, muitas vezes temos uma imprensa desinformada sobre as questões sociais, economicas e ambientais que envolvem as atividades do campo. Mesmo assim, podemos afirmar com absoluta convicção, realizamos nossas tarefas com afinco e responsabilidade. Àqueles que duvidam, que consultem os dados do crescimento em torno de 4% em 2014 para o Agronegocio, quando a economia brasileira como um todo, beirou um número negativo.
      Abraço,
      Janete Zerwes

  8. Zulmira Mariano da Rocha Saurin

    02/09/2015 at 07:24

    Bom dia Miguel!
    Eu acrescentaria a tua lista o amor a terra , a preocupação com a prezervação das terras , com o meio ambiente com p legado que vamos deixar aos nossos filhos com as gerações futuras . Sou da oitava geração de pecuaristas e isto que te falei ouvia do meu pai e do meu avô, . E tenho muito orgulho que em nossas terras tem veado campeiro , tem capivara , tem tatu bola ,tem jacare , tem lebre ., tem mato nativo. Repomos os peixes nas barragens e replantamos arvores tipo angicos e ipês e jacarandas Sinceramente não dá para entender estes jornalistas. Grande abraço e parabens por teu trabalho ! Zulmira

  9. Felipe Affonso Giansante

    02/09/2015 at 07:32

    O pecuarista brasileiro é o maior ambientalista do planeta, sua atividade depende da sustentabilidade responsável, a que tem o homem como prioridade.
    O pecuarista saúda matinalmente a madrugada, mesmo fria, para ele chuva não é “tempo feio”, é sinal de vida, é “tempo bonito”.

  10. Eliseu Gonçalves

    02/09/2015 at 07:41

    Trabalho duro, insalubre, a céu aberto no rigor do clima, dia e noite.
    Alto custo de produção, margens apertadas de lucratividade.
    Estradas em péssimas condições nos locais de produção.

  11. antonio alves

    02/09/2015 at 07:45

    sabedoria na hora de tomar uma decisão.

  12. Carlos klaus

    02/09/2015 at 07:50

    Miguel, falta organização, espreito de cooperação, associativismo, noção de conjunto, categoria, reunindo todos. Os grandes e os pequenos. Entendo que e um absurdo o que a JBS fez em MT e no Brasil …. BNDES …. CADE …… E somos submetidos a esse jogo e mesmo assim ficamos quietos. Sam do nosso dinheiro e cospem no prato.

  13. António Luiz Gomes

    02/09/2015 at 07:53

    Cumprimento da legislação
    Qualidade do produto
    Qualidade do sistema de produção
    Sustentabilidade ambiental
    Bem-estar animal
    Desenvolvimento pessoal e profissional de todas as pessoas na empresa

    • denise

      02/09/2015 at 09:37

      Por amor a pecuária brasileira iria responder, apesar de não estar criando gado. Mas encontrei nessa resposta, tudo que acreditava faltar. Lembro do Olivier Anquier que sempre dizia( na época que eu o assistia na TV) que a carne brasileira é a melhor do mundo pois o gado aqui tem pasto para andar e ser saudável, podendo portanto comer carnes mal passadas sem temor algum…A sustentabilidade que a realidade atual de desmatamento exige do produtor, deve ser um foco de grande investimento para preservar os pastos futuros e, SENDO ASSIM, não ser obrigado a confinar o gado e perder o diferencial de gado que anda pelo pasto e portanto dá outro valor a carne. Sucesso sustentável à todos !!! abraços Denise Figueiredo.

    • Sullivam Miranda de Sousa.

      02/09/2015 at 13:20

      Bom dia Miguel, nossa indignação é com todo o sistema de governo que só em desvio de verbas públicas. Nós produtores estamos esquecidos a anos.

  14. Ivanildo Zanotti

    02/09/2015 at 07:54

    Estou entrando no negocio da pecuária agora em 2015. Acabei de preparar meu Plano de Negocio, lá no meu Plano está definido que meus Valores da Gestão são:
    * Melhoria contínua.
    * Primazia pela qualidade da gestão, da infraestrutura e do produto vendido.
    * Produtividade crescente (R$/ha/ano).
    * Valorização e satisfação dos empregados. Bons empregados com bônus de produção produzem mais!

  15. Rita de Cássia Cavalli de Oliveira

    02/09/2015 at 08:02

    Bom dia. Além de todos os adjetivos citado,vejo o pecuartista um trabalhador preocupado com a vida o tratar bem o animal,para que possamos ter um alimento de qualidade.Meu pai Natalino Cavalli um homem sempre a frente do seu tempo e a preocupação era essa como produzir mais e melhor um alimento de boa qualidade.
    Ação social que se preocupa com os seu colaboradores e a família do mesmo pois se ele não estiver bem não trabalha bem.

  16. Otacilio Rocha

    02/09/2015 at 08:07

    Valores são o que definem nossa forma de agir, pessoal e profissionalmente. Ao meu modo, respeito aqueles qque tem estes valores:
    – Respeito por quem trabalha junto dele
    – Respeito por quem é seu clientes, em qualquer ponto da cadeia produtiva
    – Amor pelo que faz

  17. Evando Alves Filgueiras

    02/09/2015 at 08:15

    Caro Miguel, bom dia!

    Primeiro gostaria de parabenizar-lhe pela iniciativa, precisamos de mais ideias como essas.

    Acredito que dentre os vários valore centrais de um produtor, seja ele pecuarista ou agricultor, a fé, ou confiança, ou qualquer outra palavra que defina o simples fato de investir e depender de vários outros fatores externos não controláveis para que tudo dê certo, é acreditar que sempre vai dar certo. Como já disse um poeta que não me recordo o nome agora, “Plantar é a arte de colher o sol, produzir animais é a arte de transformação desta magia em proteína”.

    Grande abraço

  18. Nayara

    02/09/2015 at 08:31

    Bom dia…
    – Humildade;
    – Caráter;
    – Humanidade;
    – Força e Garra.
    São vários, que podem ser inspiração para todos!
    Abraços.

  19. Bruno Junqueira Dias

    02/09/2015 at 08:44


    Esperança
    Companheirismo
    Disciplina
    Bom senso
    Auto-confiança
    E sempre a transmissão de todos os valores citados de Pai para Filho.

    • Karina Junqueira Dias

      27/10/2015 at 21:59

      Irmão: acrescento a união da familia!!
      E a confiança em um mundo melhor

  20. Marcelo Scatolin Queiroz

    02/09/2015 at 08:44

    Acho que podemos focar tb no qualidade de vida no campo:

    Fazemos bem porque assim vivemos melhor no campo.

  21. Marcello Calvao

    02/09/2015 at 08:46

    Se tem um valor que os produtores têm é a “PERSISTÊNCIA” produtor não desiste nunca, é incansável por amor ao que faz!
    Acredito que é por isso que o País na hora das dificuldades pode contar com essa classe que acorda cedo que não tem hora para parar a sua jornada de trabalho!
    Abraço Miguel e parabéns pelo trabalho

  22. Glayton marcus

    02/09/2015 at 08:56

    Bom dia, ótima atitude Miguel, acho que deveria inclui preserverancia dos produtores em produzir um produto de alta qualidade e nas maioria das vezes não remunerado satisfatoriamente.

  23. Rui Barbosa Gutierre Almeida

    02/09/2015 at 08:57

    Bom dia , temos que focar na restauração da imagem do produtor como um agente fomentador da economia em um todo , outro ponto é a seriedade e transparência nas negociações e fazer parcerias com instituições sérias para divulgar resultados na mídia
    ( escrita e falada ) não só econômicos mas de qualidade de vida resgatando famílias seculares ( nova geração ) para a atividade mostrando assim para a sociedade uma nova imagem do setor

  24. Fernando

    02/09/2015 at 09:00

    Miguel, bom dia! Com certeza, incluir: Determinação, força de vontade, capacidade de resposta, orgulho e superação.

  25. Juliane Diniz Magalhães

    02/09/2015 at 09:16

    Bom dia Miguel!
    Amor pela produção é o mais claro, mas dá para citar diversos: criatividade, sucessão (a arte de passar o amor pelo que faz aos herdeiros), amor pela terra.

  26. Eduardo Zago

    02/09/2015 at 09:21

    Transparência;
    Valor à vida;
    Trabalho em equipe;
    Parceria sólida e amizade;
    Descontração responsável;
    Respeito ao meio ambiente;
    Simplicidade;
    Crescimento sustentável;

  27. Karine

    02/09/2015 at 09:22

    Bom dia Miguel!
    Acho que os valores mais importantes para os pecuarísta são:
    -Honestidade.
    -Tranquilidade.
    -Simplicidade.
    -Orgulho.
    -Dedicação.

  28. Lucia de Castro Bastos

    02/09/2015 at 09:32

    Bom dia Miguel,
    A ideia dos vídeos é realmente excelente. Fugindo um pouco da sua pergunta, queria deixar a ideia de tentar levar esses vídeos para a educação básica. Essa desinformação e dados desatualizados estão sendo repassados para nossos filhos nas escolas. Meus filhos estudam em uma das melhores escolas da cidade, e o material didático é totalmente desatualizado e tendencioso, fazendo uso de artigos de jornais como este da Folha.

    • Miguel da Rocha Cavalcanti

      03/09/2015 at 13:00

      Oi Lucia
      Muito obrigado pelo seu comentário.
      Com certeza isso é muito importante. Mas eu preciso entender melhor sobre como fazer isso com eficiência.
      Muito obrigado. Abraços, Miguel

  29. Eduardo Souza

    02/09/2015 at 09:33

    Simplicidade
    Legado geracional

  30. José Henrique

    02/09/2015 at 09:40

    Trabalho Duro
    Honestidade
    Paixao
    Tradição

  31. antonio valdir ubeda lamera

    02/09/2015 at 09:42

    Acredito que os valores inerentes aos pecuaristas são: TRABALHO DURO, HONESTIDADE E RESPEITO.

  32. Claudio de Almeida Queiroz

    02/09/2015 at 09:51

    Miguel, acrescento o patriotismo do produtor rural . Me lembro do meu pai, meu avô e outros pecuaristas mais idosos falarem com orgulho do chamamento de governos anteriores para desenvolver, integrar determinadas regiões , e o pecuarista prontamente estava lá com patriotismo atendendo mais esse chamado do governo federal.

  33. Ariane Fraga

    02/09/2015 at 09:51

    Para ser sincera, sendo filha de um pequeno produtor e vendo ele na lida diária a primeira palavra que me vem na cabeça é perseverança. Não se deve desistir mesmo com os problemas que venham a surgir. E também me lembro de ter fé naquilo que se almeja, pra quem ainda trabalha no meio tradicional essas duas palavras tem um significado simples porém grandioso.

  34. Sérgio Lafayette de Moraes

    02/09/2015 at 10:01

    Valor da livre iniciativa
    Valor do respeito à propriedade privada

  35. Olavo Bottino

    02/09/2015 at 10:01

    PAIXÃO, a emoção que um criador ou invernista brasileiro sente quando ve sua vacada com a bezerrada no pé ou uma boiada empoçando água no lombo, reluz nos olhos deles. Esse sentimento fácil de ser encontrado nos pecuaristas brasileiros, dificilmente é visto em de outros países.

  36. daniela liranço

    02/09/2015 at 10:25

    Etica, respeito a natureza, trabalho duro de sol a sol, domingos, feriados, dia santo, madrugada, um produtor nao descansa nunca, amor ao que faz.

  37. Carlos Eduardo

    02/09/2015 at 10:27

    Respeito ao consumidor;
    Respeito animal;
    Respeito aos colaboradores do negócio;
    Sustentabilidade;

  38. Rodrigo

    02/09/2015 at 11:02

    Bom dia Miguel

    Acredito em
    Reconhecimento.
    Transparência.

  39. LUIZ HENRIQUE PASORELLI

    02/09/2015 at 11:30

    ACHO QUE ALGO FUNDAMENTAL CHAMA-SE : COMPROMETIMENTO , INDEPENDENTE DO SEGMENTO.

  40. Jocely

    02/09/2015 at 11:35

    Dedicação acima da média com certeza é o valor de maior importância não negociável do produtor e do pecuarista.

  41. joselia m.b. nahm

    02/09/2015 at 12:06

    Bom Dia!!! Gostaria de deixar também o meu comentário, primeiro que me orgulho em ser do campo e também agropecuarista,tem gente que se veste impecavelmente bem,mais de virar de pernas pro ar não cai uma moeda do bolso,diferente do povo do campo que sempre tem um dinheiro sobrando e sempre honra seus compromissos. infelizmente o povo do campo não é valorizado em todos os aspectos!!!

    • Miguel da Rocha Cavalcanti

      03/09/2015 at 13:03

      Olá Joselia
      Muito obrigado pelo seu comentário.
      É isso que vamos fazer, criar uma campanha de valorização do homem do campo.
      Vamos que vamos! Manda brasa!
      Muito obrigado. Abraços, Miguel

  42. josé haroldo

    02/09/2015 at 12:11

    Boa tarde Miguel
    Minha opinião:
    Trabalho duro acima de tudo.
    Persistência, pois em um sistema burocrático o produtor é uma figura persistente quando o governo em suas varias figuras as vezes nos taxam como destruidores do meio ambiente, sonegadores etc esquecem que não nos dão todo o suporte que precisamos e quando veem que nosso lucro esta perto procuram nossos Vizinhos e compram a mesma mercadoria pela metade do nosso preço e fazem concorrência contra nossa mercadoria isso ocorre nas soja, milho, leite, carne etc. por isso tudo digo que o forte do produtor brasileiro é a PERSISTÊNCIA.

  43. Thais

    02/09/2015 at 12:21

    A sua lista acrescento :
    satisfação por produzir alimentos , gerar riquezas ao pais .
    Amor , vocação , persistência .

  44. Luiz Gustavo Teodoro da Silva

    02/09/2015 at 13:10

    Na minha opinião, todas as alternativas citadas são muito importantes e não devem ser excluídas, mas também acho que devemos focar na importância do pecuarista para sociedade, demonstrando oque ele representa para economia, produtos derivados da pecuária que não só os alimentícios, tecnologia aplicada no campo visando sustentabilidade, bem-estar e a maximização da produção sem agredir a natureza. E claro, nesse marketing o pecuarista deve transparecer como um “herói nacional”(como nos Estados Unidos e diversos outros países), e não como um “vilão”, que a população imaginada ser. Nesse ponto você se lembrara da historia da colonização americana e do extermínio de milhares de índios por mais de 100 anos a fio, ai então vem a pergunta “porque nos EUA os pecuaristas são tidos como heróis e no Brasil como vilões?”. Isso precisa ser mudado, parabéns Miguel Cavalcanti pela iniciativa, tem todo meu apoio.

  45. INIVALDO CORRÊA

    02/09/2015 at 13:54

    No meu modo de ver o produtor Brasileiro é acima de tudo um Inovador com Responsabilidade e também com Respeito a Natureza e Legislação Mundial.

  46. Luiz S. Thiago

    02/09/2015 at 14:14

    Olá Miguel,

    A única mácula que a pecuária trás para os brasileiros “urbanos” é a imagem da boca do boi como uma moto serra derrubando a floresta Amazônica. Quebre esta imagem e tudo vai ficar bem.
    Um abraço e sucesso com a campanha, porque o Pecuarista merece.

  47. Evandro ely

    02/09/2015 at 14:32

    Olá pessoal boa tarde!
    Entre eu e minha propriedade o maior valor é o sentimental pela terra pelos animais e plantas seguido do conjunto colocado pelo Miguel.Ressalto a colocação da Juliane do Claudio e da Thais, a região em que resido é fortemente agrícola, herança trazida de varias gerações e regioes que vieram pra cá com o sonho, desejo ou necessidade de ter o seu espaço e dar continuidade a esse desafio de produzir alimentos e muitas vezes sendo marginalizados.

  48. Carlos Pombares

    02/09/2015 at 15:27

    Meu caro Miguel,
    Salvé!
    Subscrevo integralmente a sua lista e, se me dá essa honra, eu acrescentaria, embora esteja muito implícita em alguns itens da lista, mas de forma mais específica, o conceito de ÉTICA, como responsabilidade do comportamento moral a nível da empresa e não tanto na sua abrangência do complexo conjunto de valores morais e sociais.
    Desde já, muito sucesso na campanha!
    Grande abraço para si e para todos os pecuaristas Brasileiros, a partir da Pátria irmã de Angola
    Carlos Pombares

  49. Jean Cerri Casso

    02/09/2015 at 17:23

    A sua lista acrescento :

    conduta ilibada,otimismo,credibilidade,urbanismo e deixar como legado as qualidades elencadas para seus sucessores naturais, para que, a pecuária sempre atinja as metas almejadas.

  50. Camila Brant

    02/09/2015 at 17:41

    O produtor rural é um herói,acorda cedo, trabalha muito, produzindo na “raça”,com qualidade e tecnologia,pois diferente da Europa e EUA não tem subsidio do governo. Por isso eu digo o trabalhador rural ama o que faz.

  51. Gabriel Cunha

    02/09/2015 at 18:46

    .Amor pela terra;
    .E orgulho do que produz!

    Um Abraço Miguel!

  52. Nordon Rodrigo Steptjuk

    02/09/2015 at 18:47

    Cito:
    – produção de alimentos de qualidade;
    – produção de riquezas para o país;
    – geração de emprego e renda;
    – amor ao campo;
    – avanço tecnológico;

  53. Evandro ely

    02/09/2015 at 20:35

    Amor incondicional pelo que faz.

  54. Maria do Socorro

    02/09/2015 at 20:53

    Além de todos os valores que nos direciona rotineiramente, devemos obedecer muito – cuja essência significa: aproxima-te para escutar.

  55. Eduardo Maroca

    02/09/2015 at 21:24

    Sem dúvida, honestidade.

  56. elis

    02/09/2015 at 22:52

    – trabalho duro
    – honestidade
    – dedicação acima da média

  57. Marcos José Silva

    02/09/2015 at 23:33

    Na minha opinião tem que mostrar o respeito que vem do homem do campo da pessoa simples e humilde que acorda cedo antes do sol sair pra dar duro na terra pra alimentar os seus filhos de poder dar estudos e dignidade e o mais de tudo alimentar o mundo também esse sim são valores que deveriam ser mostrados sempre e respeitado acima de tudo e não o que esta acontecendo hoje só palavras e nada sendo feito…

  58. Domingos Lacerda

    03/09/2015 at 00:25

    Boa Noite Miguel!
    O pecuarista brasileiro, sempre foi o seguimento econômico que carregou o Brasil nas costas. A anos atras eramos ameaçados de desapropriação, por termos terras improdutivas, quando preservávamos, e hoje somos ameaçados porque desmatamos e produzimos. Estamos sempre tratados pela sociedade e o governo, como exploradores,como criaturas inescrupulosas, mas quando na realidade somos o seguimento, que heroicamente, mantemos o pais, somos tratados e considerados a categoria mais exploradora do Pais, quando o nosso trabalho sempre foi de vanguarda, buscando incrementar produção e produtividade com recursos pró pios, com quase nada de apoio. Somos talvez a unica fonte produtora que produz, sem os créditos dos impostos gastos com a compra de insumos, e ainda somos agravados com
    leis sociais inadequadas ao campo.Por tudo o mais considero o produtor agropecuário,um cidadão:
    Honesto
    Pacífico,
    Integro,
    Desbravador,
    Amoroso em tudo que faz
    e com tudo isso, ser menos valorizado do que um invasor do MST.

  59. Rodrigo Bonilha Botelho

    03/09/2015 at 00:29

    Detentor do poder e capacidade de produzir alimentos para o mundo.
    Pela tamanha importância em produzir algo vital, é merecedor de respeito e valorização.

  60. Alexandre

    03/09/2015 at 07:33

    Caro amigo. .me cocei todo para responder à Folha. .mas estando na fazenda não pude fazê-lo.
    Como foram tantas as respostas não seu se já citaram, mas um dos principais pontos que marcam nossa vida é a renúncia à vida urbana. Abandonamos as regalias da cidade em troca do nosso trabalho. Muitas vezes em lugares brutos, sem qualquer facilidade. Abandonamos as festas de semana, a convivência da família, a academia,as baladas, etc e ficamos longe de todos e de tudo. Hoje pode ser mais fácil. .mas ainda sou do tempo que para chegar aqui era estrada ruim, sem telefone ,sem internet,sem ar condicionado, sem TV. E enfrentamos tudo isso para viver nossa vida no campo. E mesmo assim somos felizes. ..

  61. Kaju

    03/09/2015 at 08:44

    Respeito ao meio ambiente em primeirissimo lugar

  62. Suelen Mantoani

    03/09/2015 at 10:27

    Bom Dia,
    Dentre tantos os valores acredito eu que, o primordial é o AMOR, afinal, a única maneira de você desempenhar um trabalho excelente é amando aquilo que se faz!
    Trabalho sério e comprometimento para se construir o desejado, isso significa saber fazer aquela diferença, enquanto tantos continuam fazendo tudo igual!
    Muita Persistência para continuar os esforços mesmo frente aos mais desanimadores desafios, obstáculos…
    Honestidade, pois quando somos honestos desenvolvemos a força de caráter que irá nos permitir prestar grande serviço ao próximo assim obtendo a confiança e o afeto das pessoas.
    Dentre tantos valores acredito que os citados fazem parte de uma lista rumo ao sucesso profissional, lembrando que os profissionais mais bem sucedidos são aqueles que alcançam a felicidade em sua profissão, encontram brechas em seus mercados, tem prazer na realização das diárias atividades e agem de acordo com suas verdades sem esconder as necessidades. É preciso dedicação, consciência e bom empenho em tudo o que se faz. Com criatividade e capacidade, qualquer profissão é bem sucedida, gerando bons resultados e proporcionando os rendimentos esperados aos nossos ideais.

  63. Mauricio Moreira

    03/09/2015 at 10:41

    Só sendo produtor mesmo pra sentir os desafios e a paixáo que nos envolve…

  64. Cilso Lindolfo da Silva

    03/09/2015 at 13:05

    O Pecuarista Precisa deixar o EGO de lado e se UNIR para poder ter forças Juntos a Industria e Governo…

  65. Cilso Lindolfo da Silva

    03/09/2015 at 13:06

    Ja falava meu Avo o Pecuarista aguenta 10 ALTAS de Preços e não aguenta uma BAIXA….

  66. luiz roberto zillo

    03/09/2015 at 15:09

    Miguel, o Pecuarista no Brasil faz o que faz por amor a Terra e amor a Família. Logicamente hoje se tem a necessidade de que se profissionalize o setor e que gere lucro. Tempos atrás me recordo, dizendo como o se fosse um jargão, mas não é, que com dinheiro de bois estudávamos os filhos, comprávamos mais terras e ai por diante. O que nunca muda pra mim é a honestidade da grande maioria. Sempre disse que o pecuarista é muito correto nos seus compromissos, não atrasa pagamentos, é uma moeda forte, tem brio, humildade e caráter. Muito poucas vezes vi um pecuarista deixar de pagar um gado comprado por exemplo. Esperneia, dá seus pulos mas dá um jeito e cumpre o combinado. Pena que nosso país não os valoriza e sempre estão a mercê de poder ser importunado por pessoas e órgãos que querem tomar seu patrimônio as custas de promessa de campanha pra assentar famílias.
    Mais ou menos por aí.
    Abs e boa sorte na campanha. Conte comigo.
    Beto Zillo.

  67. Pingback: Sobre a campanha inovadora de marketing da pecuária - Miguel Cavalcanti – BeefPoint e AgroTalento

  68. Dalton Marques Cardozo

    03/09/2015 at 17:45

    Ola Miguel, é um prazer participar desta “enquete”. Sou Estudante do Curso Técnico em Agronegócio, ou seja, ainda estou engatinhando no mundo do agronegócio mas, posso afirmar que; a honestidade, o reconhecimento por seu trabalho realizado e, a satisfação em produzir; faz parte da essência da felicidade e, da formação de qualquer cidadão. Sendo assim, acho que não poderia ser diferente com o Agropecuarista…Sua iniciativa é excelente…Força no AAAAAAAAAAAAAAAAAAgro…

  69. Affonso Saldanha

    03/09/2015 at 19:22

    Olá Miguel !!

    Que bela e fantástica ideia. Nossa imagem foi muito degradada nos últimos anos por campanhas irresponsáveis feitas por setores da sociedade que de forma rasa colocaram na conta da agropecuária todas as mazelas ambientais de nosso país.
    A meu ver a campanha deve ser muito sensível e amigável com o público. Deve mostrar o quão importante e imprescindível é a atividade rural para a vida urbana.
    Temos de tocar o coração do público. Com imagens como o nascimento de um animal, a colheita de frutas, o preparo de um canteiro de horta, com pessoas se ajudando.

    Um forte abraço!

  70. Maria Emilia Pereira

    04/09/2015 at 11:36

    RJ 04-09-15
    Ola Miguel
    Varias pessoas me perguntam, como eu ainda estou na pecuária. A resposta é simples, amor pela terra.
    Não existe investimento sem dor de cabeça,sem esforço. A moeda tem dois lados.
    Podemos ter o compromisso com a inclusão social dentro e fora da fazenda, mas é preciso divulgar o trabalho no campo,a cadeia gerada fora da fazenda, pois temos o estigma do ” Senhor do gado”.
    Podemos ter o compromisso de entregar alimento saudável, em toda a sua cadeia de produção. Podemos ficar atentos ao novo, procurar sempre melhorar o tal do ser humano.
    Att. Maria Emilia Pereira

  71. Adriano Garcia

    05/09/2015 at 14:50

    Vocação.

  72. Roberta Gestal

    05/09/2015 at 20:14

    Coragem
    Paixão
    Muito trabalho
    Determinação

  73. Andre P C Gomes

    07/09/2015 at 20:13

    Boa noite Miguel. Acredito muito nas 4 primeiras características. Acho que tem que ser também falado o sacrifício do convívio familiar , pois devido as péssimas escolas rurais e a localização das propriedades em pequenos municípios muitas vezes abrimos mão trabalhando a semana/quinzena fora para garantirmos uma boa educação à nossos filhos em centros maores, nas idades em que eles mais dependem do convívio do (s) pai(s).

  74. Nara Luzia Coelho

    08/09/2015 at 18:01

    Convivo com pecuaristas a vida toda e trago comigo os valores dessa gente. Pessoas que começam a trabalhar antes do dia nascer, que tem uma estreita ligação com os fenômenos naturais (estiagem, chuva, geada…), que desenvolvem métodos para se comunicarem com os animais das mais variadas espécies… enfim, sempre vi estas pessoas (pecuaristas) se preocuparem com o próximo, serem humildes, serem honestas, e estarem sempre prontas para contribuir com o desenvolvimento do nosso país.

  75. Fernando Barros

    27/10/2015 at 07:28

    Respeito ao meio ambiente ( olhe o caso do pantanal)
    honestidade, resiliência, paixão pela vida, família e pelos animais, quem viu um bezerro nascer, um potro, o ajudou a mamar pela primeira vez, a cultura do campo, a cultura do trabalho, a transmissão do conhecimento e da cultura para os filhos. o ambiente familiar que é a maioria das fazendas onde os proprietários conhecem a família dos funcionários e convivem com estes, isso não acontecem em centros urbanos, o senso de união, de ajudar o próximo… tem muita coisa.

  76. Eduardo Peixoto

    23/11/2015 at 08:42

    Bom dia Miguel
    acho que valores não negociaveis seriam:
    – Respeito ao Homem e ao Solo (Meio Ambiente).
    – Honestidade.
    – Dedicação acima da média.
    – Sinceridade.

    Abraço.

  77. Daniel Aguiar

    02/03/2016 at 14:51

    Amor, Informação, e COMPROMISSO COM A SAÚDE PÚBLICA !!!

  78. sillas

    20/10/2016 at 22:25

    Trabalho, honestidade, empenho, amor, respeito, valorização do ser humano, meio ambiente saudável, qualidade de vida.

  79. Sueli

    25/07/2017 at 07:49

    Valorizar o trabalho do pequarista .Pois o nosso trabalho é duro e tão pouco valorizado.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *