Muito obrigado pelo exemplo, inspiração e vida, Dr. Fernando

Por em 22 de setembro de 2014

Gostaria de fazer um agradecimento e uma homenagem nesse texto.

Na sexta-feira, uma das pessoas que mais me inspirou como pessoa, profissional e agrônomo, completou 100 anos. No sábado, durante o Fórum LIDE de Agronegócios, tive a oportunidade de dar um abraço pessoalmente.

Fernando Penteado Cardoso é um dos grande exemplos da nossa agropecuária.

Me lembro ainda estudante de agronomia, lendo seus artigos sobre pecuária. Ele, com mais de 80 anos, continuava um entusiasta. Nessa época, ainda cursando agronomiana Esalq, eu tinha sido convidado pelo Jorge Zaidan, que era editor da revista da ABCZ para escrever uma coluna chamada Pecuária Jovem. Um grande risco para o Jorge e uma grande oportunidade para mim. Certo dia, pego a edição mais recente da revista e lá tem um artigo do Fernando Penteado Cardoso comentando meu artigo da edição anterior… Eu não podia nem acreditar e não aguentava de alegria e satisfação… Uma das pessoas com mais experiência, conhecimento do setor e história de vida, estava comentando um artigo de um reles estudante…

Aquilo foi um estímulo ainda maior para que eu seguisse meu caminho, iniciando um ano depois o jornalzinho “Carne News” e dois anos mais tarde começando a trabalhar com o BeefPoint. Eu me lembro com detalhes desse momento, que aconteceu há quase 15 anos. Foi uma grande inspiração e estímulo.

Eu aprendi muito com Fernando Penteado Cardoso. Ele escreveu inúmeros artigos no BeefPoint, nesses quase 15 anos. Escreveu muitos e muitos comentários para o site. Era um dos leitores mais ativos, combativos e inteligentes. Isso com mais de 80 anos. E mais do que combativo, era sempre muito bem informado, tinha argumentos, estava sempre atualizado nos relatórios mais recentes e não se convencia rapidamente com novos modismos sem antes estudar na fonte.

Com mais de 80 anos de idade, com todo o sucesso que uma pessoa da sua idade poderia ter, ele continuava na ativa. Continuava sempre se atualizando. Minhas lições e reflexões pessoais sobre a trajetória de uma pessoa que admiro muito são muitas:

1- Continue estudando e aprendendo, sempre.

Saber não ocupa lugar, sempre me disse meu pai. Se dedique a ter a melhor informação, a ler os materiais mais atualizados. Hoje está mais fácil do que nunca. Era impressionante encontrar o Dr. Fernando numa feira, num evento, e ele vir comentar com você o relatório mais recente da FAO sobre perspectivas do agro mundial para os próximos 20 anos…

2- Se posicione e seja firme.

Aprendi que quando você estuda, se atualiza, se mantém informado, é preciso se posicionar. É preciso expor sua posição, sua visão, seus pontos de vista e suas análises. É isso que os líderes fazem. E quando fazem com conhecimento de causa fica muito mais fácil ser respeitado e escutado. Dr. Fernando fez isso como ninguém, e era ouvido e lido com atenção, pois mais do que sua imagem e posição, não estava apenas fazendo uma bravata, pois tinha muitos números, análises e estudos para reforçar seus argumentos.

3- Trabalhe.

O sucesso não vem sem muito trabalho. É preciso ir atrás. É preciso se dedicar. E sucessos da noite para o dia, demoram pelo menos 10 anos para acontecer.

4- Tenha vida pessoal.

Uma das coisas mais legais que aprendi com Dr. Fernando foi o “Vovô Tour”, uma ideia dele de viajar com os netos (e agora bisnetos) pelo Brasil uma vez por ano. Era uma oportunidade de conviver com qualidade, de aprender e de ensinar. Uma oportunidade de vivenciar a vida e a continuidade da vida. Imagine a experiência e os aprendizados de quem viajou nesse “tour”. Imagine as histórias que seus netos têm hoje para contar para seus filhos e daqui a pouco netos. Você já pensou em criar alguma tradição familiar?

5- Dê o exemplo, de forma continuada e as coisas vão te ajudar.

O mais impressionante da história de vida do Dr. Fernando é essa continuidade de trabalho, de dedicação, de contribuição. Com mais de 80 anos fundou uma entidade para promover a agricultura sustentável, financiando estudos, pesquisas e até patrocinando o BeefPoint, quando ainda muito pouca gente acreditava no nosso projeto.

Uma reflexão: Qual o legado você vai deixar?

Para finalizar, fica aqui a reflexão. Quando de trabalho realizado você quer deixar? Quanto da história você quer ajudar a escrever? Qual o legado você vai deixar da sua vida profissional? Até quando você quer produzir, realizar, trabalhar e contribuir para sua família, para a sociedade, para o Brasil? Quanto de exemplo você quer ser para seus filhos, para seus netos e bisnetos?

É muito provável que a minha geração terá muita gente que vai viver 100 anos ou mais. É muito provável que a geração dos meus filhos vai viver mais de 100 anos como uma coisa normal. A grande pergunta é: Qual é o legado que eu vou deixar, que você vai deixar, de 100 anos de vida? A trajetória, a história e as conquistas de Fernando Penteado Cardoso sirvam de exemplo, inspiração e estímulo para todos nós.

Meus parabéns Dr. Fernando pelo aniversário de 100 anos. E muito obrigado pela pessoa que você é, e pelo impacto que causou e causa na minha vida, na minha busca por viver com propósito, com significado e dando exemplo.

Um grande abraço, Miguel

4 Comments

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *