Como contratar bons funcionários para fazendas de gado de corte

Por em 28 de janeiro de 2015

Bom dia, tudo bem por aí?

Ontem eu te perguntei sobre cursos para gerentes de fazendas de gado de corte…

UAU… Quantas respostas… Quanta gente interessada no assunto… O tema que apareceu mais foi o gerencial (gestão de pessoas, custos, etc), mas a parte técnica também apareceu com muita frequência.

Minha conclusão é que vale a pena mesmo investir nesse projeto.

E me lembraram muito bem que existem diversos perfis de gerente de fazenda. Desde o muito profissional, super qualificado, até o “iniciante”, que conhece muito pouco dos diversos assuntos ligados a pecuária (parte técnica e gerencial).

Estamos trabalhando para avançar esse curso para gerente de fazendas. E queria te pedir uma ajuda: Quem você gostaria de ver dando uma aula nesse curso de gerente de fazendas e com qual tema?

Ainda falando sobre equipes em fazendas, me lembrei da palestra do Antonio Chaker no BeefSummit Brasil 2014, onde ele falou que ao avaliar um candidato a funcionário de uma fazenda (vaqueiro, capataz, gerente, etc), ele recomenda avaliar não apenas a pessoa, mas a família da pessoa.

Mais importante do que contratar bons vaqueiros, é importante contratar boas famílias.

Porque isso? A razão é simples. A fazenda é uma comunidade, se várias pessoas vão morar lá, é preciso haver harmonia entre essas pessoas. Se você tem um vaqueiro muito competente, mas a mulher dele gera problemas na fazenda, isso não vai funcionar no médio-longo prazo.

Outra coisa que eu aprendi ontem sobre processo de seleção, é pedir para a pessoa contar de uma passagem em que ela errou, fracassou. Peça para contar uma ocasião em que as coisas não deram certo. Ninguém é perfeito, ninguém nunca errou, então isso não deprecia ninguém.

A sacada que eu aprendi é prestar atenção em como a pessoa conta a história, como relata o caso e como se posiciona. Se é uma “vítima”, não vai funcionar. Se a pessoa conta com “culpa”, a tendência é que essa pessoa seja boa para se trabalhar.

Pessoas competentes se sentem responsáveis pelos problemas que já enfrentaram. Se sentem protagonistas, nos bons e nos maus momentos…

E você, tem alguma recomendação de como contratar bons funcionários para fazendas de gado de corte?

Por favor, comente aqui nesse post.

Muito obrigado pela sua participação.

Um grande abraço, Miguel

PS: Sua opinião sobre como deveria ser um curso para gerentes de fazenda é muito bem-vinda. É só responder esse email me contando como você gostaria que fizéssemos :-)

Miguel Cavalcanti
BeefPoint: Para quem faz hoje a pecuária do futuro. E para quem quer fazer.
AgroTalento: Desenvolvimento pessoal e profissional para os novos líderes da pecuária.

45 Comments

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *