Carne na lata e comida de alma

Por em 13 de maio de 2015

Olá, tudo bem?

Há algumas semanas, conversava com alguns amigos sobre carne na lata, uma tradição em fazendas de gado de corte, onde até pouco tempo não existia luz elétrica. A carne era frita e conservada em banha de porco. Uma rara delícia para quem já provou.

E mais do que uma comida deliciosa, hoje se tornou uma “comida de alma”, ou seja, uma comida que faz bem para a alma, pois você se lembra e revive bons momentos da sua vida.

Ontem fiz um bate-e-volta a São Paulo para levar minha esposa no médico. Faltam apenas 3 semanas para o nascimento do meu terceiro filho e aproveitamos para comer em um dos meus restaurantes favoritos, o Dalva e Dito, do mais famoso chef brasileiro, Alex Atala. Nesse restaurante, ele serve apenas comida brasileira. E eu aproveitei… :-)

Comi carne seca com cebola e manteiga de garrafa na entrada, porco na lata com pure de pequi de prato principal, e pudim de leite de sobremesa.

Carne seca e manteiga de garrafa me fez relembrar a parte da minha família que é do nordeste.

A carne na lata me relembrou minha vivência na fazenda do meu pai em Goiás, na década de 80, onde não tinha energia e sempre tinha carne na lata. Como eu gostava disso. E como foi bom relembrar o sabor e reviver as histórias.

E pudim de leite pois me lembrou da minha avó materna, que está bem velhinha hoje e fazia o melhor pudim de leite que já provei na vida.

Você também deve ter suas “comidas de alma”. Aproveite para relembrar e reviver quais comidas te trazem boas lembranças, boas experiências, com sabores e com pessoas. Você vai ver como tem coisa boa associada a comida… :-)

Eu acredito que comida pode ser muito mais do que apenas alimentar o corpo. Temos experiências, histórias, tradições, emoções e pessoas queridas na nossa vida, e que muito provavelmente passamos um tempo bom em volta de uma mesa.

E acredito também que podemos e devemos celebrar, valorizar e resgatar as tradições, histórias e valores da antiga culinária brasileira. E isso pode significar muito para o Brasil e para a pecuária. Muito interessante ver um chef famoso dedicar um restaurante inteiro a celebrar a boa comida simples brasileira.

Te pergunto, quais são suas “comida de alma”?

Desejo a você um excelente dia de trabalho… :-)

Gostaria de destacar um artigo sobre um tema muito importante e pouco discutido. Os desafios da segunda geração da empresa rural. Gostei muito da abordagem do Ciloter da Safras e Cifras, consultoria sediada no RS.

Sucessão nas empresas rurais – desafios para a segunda geração

Na mesma linha, Francisco Vila lança um alerta sobre tema, e como isso pode ameaçar os negócios no futuro. Vale a pena ler e refletir sobre a sua situação e pensar nun cenário de 10 anos a frente.

Sucessão ameaça pecuaristas no futuro

Em relação a março desse ano, as exportações cresceram 23% em abril. Notícia muito boa para a pecuária e para o mercado.

Volume de carne bovina exportado em abril cresce 23%

E por último, te convido a assistir um vídeo com Márcio Pedreira, sobre o AgroTalento.

Muito obrigado pela companhia. Um grande abraço, Miguel

PS: Você já enviou sua foto para o projeto #HumanosDaPecuaria? Queremos te convidar a publicar fotos que contem histórias de pessoas ligadas a pecuária, pelo Brasil, de norte a sul. Hoje temos umas fotos bem legais (e já são mais de 500…).

Miguel Cavalcanti
BeefPoint: Para quem faz hoje a pecuária do futuro. E para quem quer fazer.
AgroTalento: Desenvolvimento pessoal e profissional para os novos líderes da pecuária.

19 Comments

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *