EUA: incentivo governamental para agregação de valor em carne. E no Brasil? #CarnedeAaZ 8

Por em 21 de agosto de 2014

Hoje mostramos um exemplo de como a bovinocultura de corte brasileira é diferente da americana. Publicada no site Global Meat, uma notícia sobre um incentivo do USDA, o Ministério da agricultura dos EUA, para pecuaristas agregarem valor em sua produção.

O primeiro citado receberia financiamento para produzir um hambúrguer com 55% de carne bovina exclusivamente produzida a pasto e 45% de carne suína orgânica. O segundo produtor citado seria incentivado para aumentar sua produção e divulgar sua marca própria de carne bovina.

O Secretário do USDA, Tom Vilsack, disse que “a agregação de valor no produto final aumenta a rentabilidade de pequenos produtores, que deixam de vender seu produto como commodity”.

Bem diferente de nós aqui, não? Onde os produtores brasileiros procuram por financiamentos preocupados com fatores básicos de produção, como logística por exemplo.

*Este texto é sobre nossa coluna “Carne de A a Z” do dia 21/ago no Programa Terceira Via na Rádio Bandeirantes AM 1270 Ribeirão Preto. A coluna vai ao ar às terças e quintas-feiras e o programa é diário de segunda a sexta das 18h00 às 19h00. O programa é transmitido ao vivo também pelo app (iTunes ou Android) e pelo endereço http://www.programaterceiravia.com/radio.

Para ler todos as colunas, basta acessar aqui: http://vilabeef.com.br/category/carne-de-a-a-z-coluna/

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.