A Cigarra e a Formiga nos Tempo Modernos…

Por em 29 de novembro de 2013

Quando eu era criança existia uma fábula chamada “ A Cigarra e a Formiga” e por ser curta posso aqui reproduzi-la…

Num dia de quente de verão, uma alegre cigarra estava a cantar e a tocar o seu violão, com todo o entusiasmo. Ela viu uma formiga a passar, concentrada na sua grande labuta diária que consistia em guardar comida para o inverno.

-D. Formiga, venha e cante comigo, em vez de trabalhar tão arduamente, desafiou a cigarra. -Vamo-nos divertir.

-Tenho de guardar comida para o Inverno, respondeu a formiga, sem parar, -E aconselho-a a fazer o mesmo.

-Não se preocupe com o inverno, está ainda muito longe, disse a outra, despreocupada. -Como vê, comida não falta.

Mas a formiga não quis ouvir e continuou a sua labuta. Os meses passaram e o tempo arrefeceu cada vez mais, até que toda a Natureza em redor ficou coberta com um espesso manto branco de neve.

Chegou o inverno. A cigarra, esfomeada e quase congelada, foi a casa da formiga e implorou humildemente por algo para comer.

-Se você tivesse ouvido o meu conselho no Verão, não estaria agora tão desesperada, ralhou a formiga. -Preferiu cantar e tocar violão?! Pois agora dance!

E dizendo isto, fechou a porta, deixando a cigarra entregue à sua sorte.

Moral da história: Não penses só em divertir-te. Trabalha e pensa no futuro. É melhor estarmos preparados para os dias de necessidade.

 

Pois bem, infelizmente acredito que se hoje formos adaptar essa famosa fábula para os tempos atuais seria mais ou menos assim…

– Como vai Dona Formiga? Como tem passado? Pergunta a Cigarra…

– Olha amiga, não muito bem, estava eu trabalhando colhendo minhas folhas para o inverno quando de repente me apareceu uma pessoa, que me acusou de estar cometendo um crime, pois estou recolhendo folhas dentro de uma “APP” que não sei bem o que é… agora me obrigou a assinar um “TAC” se não ia presa.

Depois me apareceu um fiscal do trabalho que me multou pois trabalho o dia todo, e não pode!! Tenho que respeitar a “CLT”, mesmo que eu queira, não posso. Depois me obrigou a usar um tal de “EPI”, que sei lá aonde compro.

Como se não bastasse, apareceu um antropólogo da FUNAI e disse que isso aqui era terra de índio e agora depois de quase cem anos que nossa colônia está aqui, vamos ter que ir embora….

-Mas deixa prá lá… isso acontece, me conte de você amiga cigarra, resmungou a formiga já desconsolada…

– Olha amiga eu vou muito bem. Como eu ganhava bolsa família, nunca trabalhei. Um dia lancei um clip no Youtube dançando o “quadradinho de oito”, e virou moda. Apareci no Faustão, Ana Maria Braga, Jô Soares, Sílvio Santos, enfim, estou sendo convidada todo dia para show, baile, tudo que aparece. Virei celebridade só por isso. E todo mundo me respeita e me convida a dar opiniões sobre o que é certo e errado. Falando nisso, estou começando a achar que você é a grande vilã desse tal de aquecimento global !

 

Moral da história:… Dê a sua opinião sobre qual é a nova moral que reina sobre nosso país!!!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.